9 de setembro de 2015

[Resenha] O Sumiço de Beatriz - Carolina Matsuo

Edição: Carolina A. S. Matsuo
Lançamento: 2014
Gênero: Ficção brasileira
Capa: Paulo Gonçalves Magalhães
Páginas: 340
*E-book cedido em parceria com a autora

"Em meio a acordos entre a petrolífera brasileira e a venezuelana, uma organização paramilitar liderada por corruptos faz negociações com militares venezuelanos para produzir um instrumento de guerra, que apenas duas pessoas são capazes de desenvolver: Beatriz, uma estilista que ganhou vários prêmios como figurinista e maquiadora, criada por sua tia, Giselda; e o professor Dr. Yaacov Baum, um professor-pesquisador judeu de uma prestigiada universidade.
Durante a negociação do projeto de tal instrumento, num evento responsável por uma série explosões, Beatriz foge do cativeiro, mas o professor é ferido, e sua tia, que estava no local, é dada como morta.
Beatriz recorre ao seu amigo de infância, Tomaz, e tenta lhe contar os fatos. Porém, antes mesmo que ela explique o que está acontecendo, é obrigada a fugir dos militares que a perseguiam.
Tomaz, chef de cozinha e dono do Tradicional Café, sem entender o que está acontecendo, e preocupado com a atitude da amiga, mergulha em uma profunda investigação para encontrá-la. Eventualmente, ele acaba descobrindo uma rede de intrigas e corrupção que envolve um mercador de armas, as FARC e algo muito além do que ele poderia imaginar."

Após fugir de uma perseguição Beatriz encontra-se com Tomaz no Tradicional Café, o restaurante de seu melhor amigo. Chegando lá Tomaz pergunta sobre Tia Giselda, a tia de Beatriz, que é como se fosse da família dele. Então Bia diz que ela está morta e tenta lhe contar o que aconteceu. No meio da conversa os homens que estavam atrás dela mais cedo aparecem no café, e Bia foge sem conseguir contar toda a história a Tomaz. Percebendo que algo estava errado ele vai à casa de Bia em busca de informações. Ao chegar encontra o local revirado e desocupado. Em meio a fotos e livros Tomaz encontra alguns relatórios assinados por Beatriz e por um professor chamado Yaacov Baum. Ao lê-los percebe que sua amiga está envolvida em algo grande, um mega problema. Os relatórios estão incompletos e não é possível descobrir muita coisa. O que Tomaz não consegue entender é por que a assinatura de Bia, que é estilista, está em relatórios de química. Então começa a se questionar o que está acontecendo e como o nome de Beatriz foi parar naqueles relatórios.

“...determinado, saiu em busca de respostas à procura de Beatriz.”


Ao analisar os papéis encontrados ele descobre dois locais importantes. Um deles é a Faculdade de Química em uma renomada Universidade do interior de São Paulo. É nessa faculdade que o professor Yaacov lecionava e é por isso que Tomaz decide ir para lá em busca de respostas. Sua descoberta em relação ao paradeiro do professor não é nada animadora. Mas ao saber sobre algumas pesquisas de Yaacov, ele decide permanecer na faculdade, pois acredita que é ali que vai desvendar o mistério do sumiço de Beatriz. Conforme o tempo passa ele descobre uma série de falcatruas, mentiras e corrupções, e percebe que sua amiga se envolveu com gente muito perigosa. E tem mais: ele não é o único interessado nos relatórios do professor e no paradeiro de Beatriz.

Se precisasse definir esse livro em uma única palavra seria surpreendente. A trama é muito bem bolada, daquelas que deixa o leitor curioso do início ao fim. Alguns trechos pareciam não fazer sentido mas no final todas as pontas soltas foram muito bem amarradas, de forma que tudo foi compreendido. A autora foi criativa e também parece ter sido necessário um certo trabalho de pesquisa, pois a história envolve alguns aspectos da cultura árabe. 

Confesso que ao ler a sinopse e decidir me inscrever para ser parceira (sim, eu me candidatei, não foi a autora que me convidou) não imaginava que me surpreenderia tanto. Quando terminei a história e todos os mistérios foram esclarecidos, fiquei de queixo caído. Eu realmente gostaria de saber qual foi a inspiração da Carolina tanto para construir os personagens, quanto para escrever o enredo. 

Falando em personagens, logo no início do livro temos a descrição física e de personalidade do Tomaz. Os outros vamos descobrindo no decorrer da leitura. Ele possui bons atributos físicos, é educado e corajoso. A história tem mais ação que romance, mas eu o imagino sendo o mocinho de uma história do Nicholas Sparks. Beatriz não é muito diferente, também é bonita, uma pessoa que briga por justiça e extremamente corajosa. Esses são os personagens principais da histórias, por isso decide falar somente da descrição deles. Os secundários também são interessantes, principalmente os que Tomaz conhece na faculdade.

Imagino que vocês estejam se perguntando sobre a questão dos acordos entre as petrolíferas, mas não encontrei uma maneira de falar deles sem dar spoiler, por isso decidi não mencionar essa parte. A única coisa que posso dizer é que algo que vai movimentar toda a história. É como se fosse a parte principal dela.

Indico o livro a todos que gostam de histórias que envolvem ação, mistério e intrigas. Garanto que não se arrependerão. Minha classificação no Skoob foi de quatro estrelas, mas foi por conta de alguns erros de revisão e também algumas frases que faltaram em um capítulo. Nada que prejudique o entendimento da história.